9 de jul de 2008

luz de rua


óbidos

Um comentário:

Aninhas disse...

Conquista de Óbidos

Ó Óbidos que foste outrora
Terra de escravos e bárbaros
Amigos de corvos e gralhas.
Povos que nao confiavam
Para sua segurança
Construiram as muralhas.

Sentiam-se assim protegidos
Ouviram-se alguns gemidos
No seu canto vigilantes.
Só que eles nao sabiam
Que outros povos viriam
Comandados por infantes.

Era D. Afonso Henriques
Esse Rei forte e valente
De todos sem igual.
Avançou contra os Mouros
Conquistou alguns tesouros
E libertou Portugal!

Vila de Óbidos, tu que és hoje
Tao pura e tao formosa
Com beleza sem igual.
És a Vila mais bonita!
Dou graças a quem te habita
Ó Vila de Portugal.

FMVS (Poeta Popular de Óbidos)

Óbidos - Vila dos meus encantos