21 de out de 2008

campo da vinha


da Braga que eu não gosto

2 comentários:

JR disse...

De facto. Bracara Augusta não pode ser isto...

O Galaico disse...

As atrocidades urbanísticas sucedem-se... Para quando um Defesor Moura em Braga com coragem de deitar abaixo estas poucas vergonhas??

Era começar pelas favelas do Bom Jesus e demolir novas urbanizações criminosas como a da encosta da Falperra.

Não dizia que não ao embargo do plano do futuro parque da cidade que só existe para poderem demolir a sede dos Arsenalistas vista construcção de mais um prédio e permitir um hotel de 5 estrelas do monte do picoto.

Resumindo, mais um espaço verde a riscar do mapa enquando o paque de são joão apodrece sujeito a vandalismo.

E tudo o que interessa são as ruinazitas romanas que se encontram por baixo da avenida central..

Custa-me dizer isso mas tirando os sanctuários, a Falperra (que, para quem reparar está mutilada pelo abate sazonal das pragas de eucaliptos) e o centro histórico - comercial, Braga é uma cidade FEIA.

Desde que demoliram o castelo que a cidade foi condenada a sofrer gerações de debeis mentais corruptos sem qualquer respeito pela paísagem nem noção de como valorizar a região e aumentar a qualidade de vida.

Guimarães é a mesma coisa... A Penha só não está coberta de prédios porque... Porque ainda é cedo... A volta do centro histórico existe um caos reinante que se espalha por todo o concelho...

Por isso digo: VIVA O ALTO MINHO e os seus drigentes que mostram como preservar e valorizar o que existe. Só ali ainda podemos ver a nossa terra como era e como deveria ser.